São simples sopros que libertam pequenas palavras que me habitam

07
Fev 08


 

 


 


 


 

Ressuscitei-me!


 


 


 

Faço parte da vida: pertenço a ontem, o Passado; não penso no amanha, o Futuro e vivo hoje uma dádiva - o Presente!
 
Cresci espalhando gargalhadas e semeando sorrisos nas pessoas, tentando que acreditassem que se ainda não somos felizes é porque não percorremos o caminho totalmente.


 

Casei-me com o amigo Tempo e geramos sentimentos nobres e tão desejados pelos povos deste mundo:

 
* amizade: a lealdade de um ombro que não questiona, apenas assiste, ouve e reconforta;
 
* sabedoria: a sombra do tempo, que amadurece a cada segundo de um pôr-de-sol;
 
* amor: a criança rebelde que une e desune. Que provoca risos e tristezas, aflições e segurança, esperança e desespero. O mais aclamado de todas as palpitações do nosso coração.

 
Sou feliz unicamente porque rio, choro, odeio e amo. Sou feliz simplesmente porque vivo com todas as células que me habitam!


 

 

 

autora: eu mesma


 


 

 
soprado por soprosdemar às 16:23

Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29


PREMIOS
mais sobre mim
pesquisar sopros
 
links
sopros passados