São simples sopros que libertam pequenas palavras que me habitam

18
Fev 08


 

No olhar de um anjo, depositei a ondulante esperança de sorrir.


 

Visitei minas de fogo, percorri jardins de ilusão e desci degraus de incertezas.


 

 


 

No olhar de um anjo, semeei grãos de vida e colhi beijos apaixonados.


 

 


 

No olhar de um anjo, vesti o luar e serenei no seu colo.


 

 

 

 

 

 

autora: eu mesma

 

soprado por soprosdemar às 16:40

Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29


PREMIOS
mais sobre mim
pesquisar sopros
 
links
sopros passados